BlogMegamidia

Confira o melhor conteúdo de quem é especialista em marketing para o varejo

26 de Junho de 2020

Não perca nenhum post!

CAPTCHA
Não sou um robô

Somos especialista em marketing para o varejo. Ajudamos as redes a potencializarem seus negócios areavés de ações de trade, marketing e comunicações on e offline.

Saiba mais em: www.megamidia.com.br

O poder da Rádio Indoor no cenário da pandemia

DE BRANDING A IMPACTO SOCIAL, COMO A RÁDIO INDOOR DE SUPERMERCADOS E ATACADISTAS VEM SE TORNANDO UMA IMPORTANTE ALIADA DURANTE O ENFRENTAMENTO AO COVID-19

Com o crescimento nos casos de contaminação pelo Covid-19 e o estado de quarentena no país, estabelecimentos de varejo alimentar de todos os portes vêm repensando diversas práticas da operação, desde o processo de reposição de mercadorias até formas de manter o ambiente seguro para colaboradores e clientes de acordo com as medidas sanitárias apropriadas. Nesse cenário de adaptação, outra área que precisou ser adequada para o período é a comunicação dentro de loja: de sinalizações indicativas de espaços mínimos em filas de caixa e corredores a recursos de rádio indoor e digital signage informando sobre os protocolos de segurança adotados pela equipe, são várias as ferramentas disponíveis. E dentre elas, a rádio indoor se destaca por permitir a transmissão de informações aos consumidores de forma rápida, com atualização constante e amplo alcance dentro do ponto de vendas.

Se em períodos considerados normais, a função básica da rádio de um supermercado ou de uma rede de atacado é o foco nas vendas a curto prazo, tornando o ambiente de compra mais agradável por meio de entretenimento, ofertas e conteúdos customizados, em momento críticos como o enfrentamento a uma pandemia essa ferramenta ganha uma série de outras importantes funções.

Dispor de um canal de comunicação de amplo alcance dentro do PDV e que permita atualizações rápidas permite cumprir uma função social neste período, trazendo orientações diversas sobre as medidas de precaução dentro e fora do estabelecimento. Isso é bom tanto para o consumidor, que recebe orientações seguras e confiáveis em um momento de instabilidade e incertezas, e para a rede varejista, que fortalece sua marca.

De acordo com Marcus Andreoli, Head da MegaMidia – empresa especialista em comunicação e soluções para o varejo, a rádio vem sendo um importantíssimo recurso de comunicação e prevenção dentro das lojas: “Neste momento mais crítico de enfrentamento ao Covid-19, nossa equipe de rádio tem trabalhado em três turnos para dar conta das demandas dos varejistas no sentido de criar os conteúdos para as lojas alinhados ao momento em que o país vive”, afirma.

Quanto às principais informações veiculadas nas rádios dentro do PDV, Marcus cita: distanciamento correto nas filas de caixa e nos corredores; cuidados da rede com o manuseio de produtos; prioridades e horários especiais para idosos; comunicados sobre abastecimento de produtos na loja; protocolos de segurança adotados pela equipe; orientações sobre delivery e vários outros. “Além das orientações específicas sobre a loja, pode-se também transmitir uma série de outras informações pertinentes ao momento, como dicas de prevenção, higienização e cuidados com a família para evitar contaminações, e tranquilizar os consumidores quanto ao baixíssimo risco de abastecimento. Tudo isso deve ser feito da forma mais profissional possível, com o objetivo de trazer a segurança e a tranquilidade necessárias aos consumidores”, explica.

Branding

Em um cenário de ansiedade e receios, trazer esse tipo de informações úteis aos consumidores em um primeiro momento pode parecer exceder a função dos canais de comunicação no PDV, cujo foco são as vendas. Porém, de acordo com o Head da Unidade Rádio e Digital Signage da MegaMidia, além de cumprir uma função de impacto social, empresas que souberem se comunicar da forma mais adequada neste período, trazendo os conteúdos certos, também colherão resultados do ponto de vista de fortalecimento de marca (branding).

“Em um momento de fragilidade, é possível criar uma relação positiva com a marca. Essa oportunidade pode ser explorada principalmente a partir da rádio corporativa, mas também dos demais canais de comunicação de que a rede varejista dispor. Para o atual momento, trazer conteúdos e orientações sempre focando em aspectos como ‘cuidado’, ‘confiança’ e ‘segurança’ gera uma série de efeitos positivos no consumidor. Logo todo esse período difícil vai passar, mas a projeção de imagem que a marca ganha permanecerá na mente dos consumidores”, ressalta Marcus.

 

 

Deixe seu Comentário